13 de abril de 2021

Não sei

 









Procuro, 

Onde não sei encontrar

Procuro,

Onde espero não encontrar

Sinto,

O que não sei sentir.

Sinto,

Que nada sinto.

Às vezes,

Julgo que sei tudo

Às vezes,

Sei que nada sei.

De olhos bem aberto,

Olho.

E ainda assim,

Nada vejo.

De olhos bem fechados,

Vejo bem,

O que quero.

A noite cai,

A solidão ganha,

O peito aperta.

Nada sei, 

Muito menos

O que esperar.          



                                                                                                        13/04/2021



 

12 de abril de 2021

A isto , ele chama nada




O som era lânguido 

Uma batida sentida e lenta,

Ele adora sentir,

E por isso

adora os sons graves.

Debaixo de um bom sol,

Fechou os olhos

E apenas sentiu.

Quando deu por ela,

Dançava 

Apenas dançava 

Nada lhe interessava 

Apenas sentia,

Sentia a vida dentro de si. 



                                                                                    11/04/2021



9 de abril de 2021

Sinto falta

 









Sinto falta,

Sinto falta de ti,

De ouvir as tuas palavras escritas.

De imaginar o teu sorriso.

De palmilhar por ti,

Tentando conhecer quem tu és.

Tu com monossílabos,

Eu de saca-rolhas.

Mas tal como para Santiago,

O caminho, faz-se caminhando.

 

09/04/2021

 

 

 

2 de março de 2021

Há alturas...................

 




Há alturas em que gostava de saber tudo,

Hoje, sinto que não sei nada.

Há alturas que gostava de saber o que sinto,

Hoje, não sei o que sentir.

Há alturas em que gostava de orientar o pensamento,

Hoje, nem pensar consigo.

Há alturas que gostaria de me sentir bem,

Hoje, sinto-me mal.

Há altura que gostava de ser feliz,

Hoje, não sou feliz.

 





24 de fevereiro de 2021

Quero ouvir















Hoje quero ouvir o silêncio 

O silêncio que me faz falta

E que tenho saudade.

Hoje quero ouvir 

O que mais ninguém consegue.

Hoje quero ouvir 

O silêncio da minha alma.

Hoje quero ouvir 

O que sinto. 

Hoje quero dizer

O que me vai no coração 

Hoje, essencialmente,

Quero ouvir o silêncio.

O silêncio melodioso

Que conforta e embala,

Que responde e acalma.

É isso que quero ouvir.